fbpx

Você sabe como é feita a tinta do carro? Descubra agora mesmo!

Um item primordial na hora de escolher um carro é a sua cor, não é mesmo? Atualmente, existem diversas tonalidades para tinturas automotivas. No Brasil, as cores mais comuns são prata, cinza e branco. Elas são as mais procuradas pelos motoristas brasileiros porque são tons que minimizam a sensação de calor no interior dos veículos.

Você sabia que existem três tipos de tintas para carros? É possível encontrá-las no mercado pelas nomenclaturas metálica, sólida e perolizada. A diferença entre elas está nos elementos químicos usados em suas bases e nos efeitos que elas têm. As metálicas, por exemplo, costumam aparentar que possuem mais brilho em relação às sólidas.

Se você ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto, confira, abaixo, como é feita a tinta do carro. Boa leitura!

Como acontece a fabricação de tintas automotivas?

O processo de produção de tintas para automóvel é muito semelhante a uma receita de bolo: é imprescindível usar as matérias-primas corretas, utilizar os equipamentos certos e saber a hora exata de realizar as misturas. Antes de qualquer coisa, as empresas que trabalham na fabricação de tintura veicular fazem testes sistemáticos para criar a tonalidade e ver como ela ficará após sua aplicação na carroceria dos automóveis.

Os ingredientes básicos que compõem uma tinta são solventes, resinas e aditivos. Além disso, são adicionados pigmentos para dar a cor. Na pintura metálica, sua base é composta por água ou poliéster. Quando a tinta é perolada, ela contém pó de pérola e minerais, isso faz com que a coloração tenha um brilho mais intenso, porém seu custo é bem mais alto.

Como é feita a aplicação de tinta no carro?

Agora que você sabe como é feita a tinta do carro, o que acha de aprender mais sobre a pintura do veículo? Para poder fazer isso, é preciso seguir um passo a passo para que a aplicação seja feita de forma correta. Assim como o processo de pintura de uma casa, você deve certificar-se de que comprou todos os itens necessários. Você sabe quais são? As ferramentas essenciais para aplicar a tintura no carro são:

  • primer;
  • lixa automotiva;
  • pulverizador;
  • equipamento de proteção individual EPI.

Passo a passo para a pintura

É preciso limpar todo o ambiente onde o processo vai acontecer. Isso é necessário porque qualquer sujeira pode cair na tinta e deixar bolinhas após a aplicação. Feita essa primeira etapa, certifique-se de estar usando os equipamentos de proteção, mascara, luva e óculos de proteção. Caso positivo, comece a lixar a carroceria do veículo com o material apropriado.

Quando finalizar esse processo, é obrigatório fazer a aplicação do primer. Esse produto é o responsável por aumentar a durabilidade da tinta, além de facilitar a sua aderência ao metal. Aplique camadas finas e uniformes. Depois de seco, lixe suavemente para melhorar o acabamento da lataria.

Após isso, siga com a pintura do automóvel. É muito importante que você preste atenção nas orientações do fabricante. Mas, geralmente, é necessário aplicar de três a quatro demãos de tinta. Novamente, você precisa lixar suavemente após a pintura e aguardar duas semanas para fazer o polimento do veículo.

Você deve ter percebido que a pintura de um carro é um processo complexo, desde como é feita a tinta do carro até a sua aplicação. Além disso, esse trabalho exige muito cuidado e experiência para que o resultado seja de ótima qualidade. Assim, é mais indicado que o procedimento seja feito por um profissional especializado no assunto.

Se você gostou do nosso artigo e quer saber mais sobre temas do automobilismo, então, curta a nossa página no Facebook! Fique por dentro do assunto com conteúdos de qualidade!

Leave A Comment

Create your account

Clique Aqui para WhatsApp whatsapp