fbpx

Saiba quando trocar o pneu do carro e a importância de fazer no tempo certo!

Você é daquelas pessoas que ficam em dúvida sobre quando trocar o pneu do carro na hora certa? Essa é uma medida fundamental para garantir a segurança ao dirigir e o bom desempenho do veículo, mas nem todos dão a devida importância para esse cuidado.

A verdade é que não é preciso esperar os claros sinais de desgaste e o mau funcionamento para nos preocuparmos em trocar os pneus. Isso porque, a essa altura, características importantes, como estabilidade e aderência, já estarão comprometidas, representando um grande risco para todos no trânsito.

Para que você não tenha dúvidas, preparamos um guia que vai ajudar a identificar o momento certo de fazer a substituição. Confira!

Atente aos sinais de desgaste

Quando não estão em boas condições, os pneus costumam apresentar alguns sinais de desgaste. Felizmente, a maioria deles pode ser identificada apenas com uma inspeção visual rotineira, um cuidado simples e que deve ser tomado por todo motorista.

Com o tempo de uso, algumas deformidades, como bolhas e rachaduras, podem surgir na superfície dos pneus. Geralmente, elas ocorrem nas laterais ou na banda de rodagem, tornando-se um perigoso ponto fraco em sua estrutura.

O risco é de que o pneu estoure nesses pontos, algo que pode acontecer em pleno funcionamento. Nesses casos, a troca deve ser feita imediatamente, pois essa é uma situação muito perigosa.

Verifique a profundidade dos sulcos

Os sulcos presentes na banda de rodagem são de extrema importância em situações de pista molhada. Seu papel é escoar a água sob os pneus, permitindo que mantenham contato com a pista e garantindo uma direção mais estável.

Para isso, a profundidade dos sulcos não pode ser inferior a 1,6 mm. Para facilitar essa verificação, os pneus contam com um recurso chamado TWI. É um ressalto de borracha que fica entre os sulcos e tem a exata medida do limite de desgaste. Ou seja, quando esse indicador estiver no mesmo nível da superfície, o pneu é considerado careca e precisa ser substituído o quanto antes.

Com os pneus nesse estado, a frenagem fica comprometida e o risco de derrapagem e de aquaplanagem aumenta consideravelmente em pista molhada. Além disso, é uma infração prevista no Código de Trânsito Brasileiro transitar nesse caso.

Considere a quilometragem rodada

A quilometragem rodada com os mesmos pneus também pode ajudar a identificar a hora certa de fazer a troca. Em geral, a vida útil costuma ser de cerca de 60 mil km em veículos de passeio e em utilitários.

A partir desse período, eles se tornarão mais suscetíveis aos problemas de desgaste que citamos. Lembre-se, no entanto, de que essa recomendação só vale caso os pneus não apresentem nenhum problema antes que exijam a substituição imediata.

Escolha o pneu certo para o seu carro

Para acertar na hora de fazer a troca dos pneus, o ideal é sempre considerar as recomendações da montadora para o modelo do seu carro. Algumas características, como diâmetro, largura e altura, devem ser compatíveis com as que o veículo foi projetado para utilizar, garantindo o seu desempenho e a segurança.

Dê sempre preferência a produtos novos, com garantia, qualidade reconhecida e adquiridos de fornecedores de confiança. Pneus usados podem até ter um valor mais em conta, mas os riscos que eles oferecem são grandes, podendo resultar em prejuízos bem maiores do que a pretendida economia.

Descobrir quando trocar o pneu do carro é mais simples do que você imaginava, não é mesmo? Com essas dicas em mente, será mais fácil se planejar e tomar esse importante cuidado sem colocar a sua segurança em jogo.

Ficou com alguma dúvida ou quer deixar o seu comentário? Aproveite a seção logo abaixo e compartilhe conosco o que está pensando!

Leave A Comment

Create your account

Clique Aqui para WhatsApp whatsapp